25 de junho de 2008

EPISTEMOLÓGICO



espanto qualifica
a rima atômica que explode
decepando a norma culta
ironia de quem vai pra praça
a cara rasgada de admiração
momento de Heráclito
doutorando sóis vulcânicos
dispensando Parmênides
Platão abre a caverna
e traz luz
enquanto ouço Zappa
in The Mother of Invention

2 comentários:

Simone disse...

querido amigo, vc continua único e mto especial, viajamos contigo em seus poemas....
parabéns, adorei não apenas este, mais todos...
bjs

Silvião Côrtes - O livro eletrônico do babaca antagônico disse...

É Cassião, você é um cara doido... Mas... Se não fosse a loucura, jamais poderíamos ser chamados de "POETAS". Grande abraço e aguardo suas visitas o "Livro Eletrônico do Babaca Antagônico". Sua mente é um universo! PAZ!

Silvião