19 de outubro de 2008

DENTRO DE MIM MORA UM ANJO



Dentro de mim mora um anjo
Não sei se Serafim ou Querubim
Dentro de mim mora um anjo
Toca banjo e bandolim
Dentro de mim mora um anjo
Tem letra e melodia
E música sem fim

6 comentários:

de.maiaxavier disse...

Amei. E que os anjos que em nós habita jamais sejam esquecidos...beijo!

J.F. de Souza disse...

Dentro de mim mora um anjo
Talvez por isso
eu seja assim

=)

jorge vicente disse...

são esses anjos que o mundo precisa.

e são esses os verdadeiros anjos. porque a música do céu tem de ser feliz.

Analuka disse...

Dentro de mim mora um anjo
ou será uma anja, enfim?
Dentro de nós deveriam
sempre morar anjos,
mas do que demônios
e o mundo ficaria melhor!

Abraços e luz, poeta.

Fabrício Brandão disse...

... e esse mesmo anjo é a porção que deve prevalecer sempre, mesmo diante de nossas incredulidades eventuais.

Abraços, querido!

Layla Lauar disse...

lindo mini-poema angelical... amei! o anjo que me habitava se mandou,sem deixar endereço... faz tempo.

beijos