28 de outubro de 2008

DEVIR


Aristóteles na direção
potência não é força
é poesia no lixo

3 comentários:

isaias de faria disse...

"a razão pela qual não deliberamos sobre essas coisas é que nenhuma delas pode ser produzida pela nossa ação" aristóteles.
gostei bastante do poema. vi nele mais uma vez como a filosofia contraria a poesia em vários aspectos, pois está calcada pela razão.leio muito aristóteles, mas sei me transferir para poesia.valeu cássio!

J.F. de Souza disse...

Ñ! A Poesia ñ, necessariamente, contraria a Filosofia!

As inspiraçoes e imaginaçoes se nutrem também da razao!

isaias de faria disse...

realmente, não necessariamente...
como o j.f. comentou.

p/ cássio amaral

generalização
generalização
aqui ali
fragmentos pele
roupa faísca
ramo roubo
generalização
generalização
alfabeto cópia
busca
ramos ramos
generalização
generalização
faltas gozos detração
detritos corpo palavra
detritos
generalizações
somos assim