15 de setembro de 2009

155- O QUE NOS FALTA
“Gostamos da grande natureza e descobrimos:
Isso deriva do fato de os grandes homens faltarem em nossa cabeça . Era contrário
entre os gregos: seu sentimento da natureza era diferente do nosso ”
NIETZSCHE

PHOTO

Para Isaias de Faria

risco de um clique
além do olhar
poema escrito com luz

BAR DO BARDO

Para Henrique Pimenta

um poeta
sem bar
é um poeta sem lar



7 comentários:

L. Rafael Nolli disse...

Grande sacada e bom jogo de palavras, Cássio!

L. Rafael Nolli disse...

O que seria do poeta sem o seu lar? E da foto, sem a luz? Muito bacana...

isaias de faria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
isaias de faria disse...

muito obrigado pela dedicação meu amigo. sua poética sempre me fascina. abraços. isaias

Marcos Satoru Kawanami disse...

já vi que eu não dou pra poeta, sou boêmio da água mineral.

jorge vicente disse...

grande poema, meu amigo!!!!

hoje é o meu aniversário!!!!!!!!

grande abraço cheio de luz!!!
jorge

BAR DO BARDO disse...

aí, cara, obrigado!

essência do bar, doce lar!

estou te devendo uma cerveja...

abraço, mano cássio!