5 de outubro de 2009

SOPRO DA PÓS MEIA NOITE

Sim!
leio Nietzsche na Escola.
Vou le-lo na rua, em praça pública.
Sim!
Sócrates me acenou com a mão.
(Só sei que nada sei)
Descartes me aparece no sonho:l
E o Cogito Ergo Sum na fronte
no paralelo do Zen
Com a passagem do Japão,
o sol nascente da minha alma.
Sim!
Vou ler Nietzsche na praça.
As pombas farão uma roda de debates
Isso tudo acontecendo...
Quem sabe chamo Zé Geraldo
para a leitura.
Quem sabe chamo Geraldo Vandré.
Quem sabe chamo Raul Seixas.
Sim a poesia é uma filosofia
que pare nuvens todos os dias
Sim, amigos
Vou chamar também Walter Franco:
"Tudo é uma questão de manter:
a mente quieta, a espinha ereta
e o coração tranqüilo"

3 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Nietzsche viveu a maior parte da vida com doença mental, escrevendo extravagâncias, e morreu num manicômio.

Tem valor literário pela originalidade, mas não quer dizer que tenha bom-senso nem que esteja com a razão.


=D
marcos

BAR DO BARDO disse...

CALMA, CARA!

Henrique Pimenta disse...

Lowcura - noite no tchi,
lar, doce lar, manicômio -
linka-se num matrimônio
com Nietzsche.

(Só usei a deixa do Kawanami.)