26 de julho de 2010

Espelhos


Para o amigo  Robson Corrêa de Araújo.





Múltiplo facetário mutante

Estilhaço de espelhos universais

Artaud na seta de Flusser

Picaso no bom dia da verve

Pedal rápido de Sartre no tempo das palavras

Foto que a vida diz amizade

Rasgo no poema elíptico

BR infinita na semiótica

De um xamã

O vôo agradece órbitas via Pound

Concreto palavra cerne

Hélice ar arte



Um comentário:

isaias de faria disse...

homenagemarte ao poetarobson.
bons garotos.