15 de julho de 2010

PARA ROBERTO PIVA

Vísceras transcendem rebeldia
cura xamânica
que acende o infinito

4 comentários:

Renata de Aragão Lopes disse...

cura xamânica:
luz e fogo

beijo,
doce de lira

Maeles Geisler disse...

estamos de Mala na Mão e Asas Pretas...de Roberto Piva

Abra os olhos & diga Ah!
Bjs
Maeles

isaias de faria disse...

visual mais claro do seu blog. gostei pacas.a poesia q sempre me toca e q é só sua. abraços meu rei.

isaias de faria disse...

fico querendo colocar os links da galera ao lado em cima igual ao seu, e não la embaixo, mas não consigo. não me dou muito bem com essas formatações. mas vou tentando.