6 de outubro de 2010

COGUÓPTICA DO CAMINHO

Outro endereço
Novo preço
Agulha aberta
Poema no sangue
Olho nu
No Blues do destino
Estrada além
Nuvens que brindam
existência
Passagem que distrai
A Pomerânea essência

3 comentários:

isaias de faria disse...

aqui é um endereço poético!

Nanda Assis disse...

oi saudades das suas palavras.
saudades de n te entender.

bjosss...

célia musilli disse...

Liindo!