3 de fevereiro de 2011

OIÔ ÓIÔ OIÔ...

ponho
poema
semlema
sem eira
beira

ponho
eta
alhures
de rima

a vida
desfaz
verso


2 comentários:

isaias de faria disse...

"ponho poema sem lema" massa.
fiz uma coisa com sua letra lá no estações. gosto muito daquele. pensei até em lançar numa camisa

Í.ta** disse...

teus poemas sobre poemas e afins
estão ótemos!

grande abraço.