12 de novembro de 2007

As capas novas que Luciana Amaral Miranda de Carvalho fez para meus livros pretéritos, onde eu assinava Cássio Marcos Amaral


nuvens disparam aliterações
Hendrix diz estilhaços
na verve dos labirintos alienígenas.
(Haicai inédito de um livro Sem Nome)
P.s. Apartir de 2005 passei assinar só Cássio Amaral.

6 comentários:

Fred Neumann disse...

Oi, Cassio,

Por mais que o tempo passe, a cada dia que acorda as " obras" que as nuvens e Hendrix deixam são sempre diferentes.
Hendrix é o Jimi mesmo, ou eu tô por fora, hehehe?
Vamos conversar mais sim, você tem o meu e-mail: fredneumann@gmail.com

um abraço,

Fred

Thiago disse...

Fala Cassio, maneiro te reecontrar. Gostei do teu novo blog e não sabia que tinhas tantos livros. Belas capas e belos poemas.

Abraços
Thiago

Luiz Alberto Machado disse...

Valeu, Cassio, tudo muito arretado. Ela fez verdadeira arte nas capas dos seus livros, parabens!
Beijabrações
www.luizalbertomachado.com.br

assis freitas disse...

Os haicais sempre caem bem. A linguagem minimalista e a música de Hendrix. Abraços.

Moacy Cirne disse...

Meu caro: descobri o seu blogue através de Linaldo Guedes; dei uma geral e gostei muito. Amigo de Jomard Muniz e admirador do seu conterrâneo Tião Nunes, tomei a liberdade de editá-lo no Balaio. Voltarei outras vezes, claro.

sandra camurça disse...

Cássio, gostei bastante da sua poesia. Conheci através do Balaio de Moacy Cirne. Um abraço.