18 de março de 2008

FILOSOFIA DA MISÉRIA TOMO I

Eu devo estar na esquina.
Perdi o horário de verão nos olhos.
A chuva mofo do precipício na fauna humana.
Eu devo estar na esquina junto com a História
do Brasil 2 Império.
Abri o I CHING de novo mas Proudhon agulhou
minha coluna, aí mostrei minha caixa preta.

2 comentários:

BêbÉT/Ocica's disse...

hahaha!
podes crer!
e essa caixinha...
hahahaha!
ainda tem um cachorro azul dentro.

Moacy Cirne disse...

O horário de verão nos olhos abre-se para a poesia do outuno a partir da fauna humana: filosofia ou miséria? Abraços.