30 de abril de 2008

Krâneo e seu neurônio


Bruno e Rodrigo de Souza Leão
Resumo
Pulei da janela deitada
Portas Fechadas Portas fechadas
Vulcão, sou um vulcão
Pânico no círculo
Somba e adrenalina
Função de morte fode
Na veia sossegada um caminho inválido
Curto circuito fechado
Degradê degradáveis
Enguias guiam os volts
Química cerebral
Química cerebral
Culpados....
Existe uma coisa dentro de outra coisa
Existem coisas coisando
Trombetas esporrando sangue
Vulcões...
O que não coisa causa.

O Cd de Rodrigo de Souza Leão são estilhaços das nuvens de Jimi Hendrix,Baudelaire, Rimbaud, Torquato Neto, Leminski, Verlaine, Valéry, Mallarmé e João Cabral de Melo Neto. É um urro de Jim Morrison no palco dançando como xamã. Círculo de uma verve que incendeia e alucina.
É eletrônico, dançante, punk e tem poemas ditos com alma,uma alma maior que chega no âmago das coisas, da metafísica, daquilo que poucos sabem ver, a suas letras
são poesia que bate, é o vulcão de som que um poeta com P maiúsculo
pode trazer e fazer. Krâneo e seu neurônio é um cd não comercial, uma edição
experimental que tem mix-design de Tavinho Paes. A parte musical de Gizza
Negri e uma parceria musical especial com o irmão Bruno de Souza Leão em
Esquizo.

Para saber mais e conhecer acessem o blog de Rodrigo de Souza Leão:

http://lowcura.blogspot.com/

3 comentários:

YEHUDA disse...

Cassio, agradeço sua presença no meu aniversário e meu amigo que presentão esse post de hoje, Rodrigo e Bruno meis amigos, e Rodrigo eu acho é a maior revelação atual da nossa poesia patria, breve terá seu proprio espaço no palco dos gênios, tenho certeza
abraço

BêbÉT/Ocica's disse...

Isso aÊ mulambo!
destoi na ideia danado!
mandou bem mano!
eh noisS1
abraxxx

Anônimo disse...

Olá!
Vim lhe fazer uma visitinha!
Adorei o blog!
http://sex-appeal.zip.net
http://cara-nova.zip.net