10 de maio de 2008

CARTA DO IMPREVISTO





Instigo um canto no outro canto
Rasgo o segundo e brinco de momento
Descartes me levita no Discurso do Método
Alice in chains na minha alma
Divina é a comédia que Dante acena do céu
Beatriz tropeça no inferno e a madrugada ri displicente
La vie en close risco e aplico rabiscos arabescos circos
Falantes falam o que o infalável fareja no inominável
Digo pleonasmos como um cão que uiva no Banquete dos Deuses
Alice está em chamas
Alice está em chamas
Suas entranhas são sóis lunáticos e luas insanas
Que penetro no tratado da tolerância de Voltaire
A verve do papel é um vulcão que queima pleonasmos satíricos
Enquanto Sun Tzu me ensina
a arte da Guerra
Os corpos buscam uma vitória
no domínio efetivo do oponente.

13 comentários:

Anônimo disse...

Isso é a tua cara, Cássio.
Libriano lunático.
Muitos beijos
Dani

YEHUDA disse...

Alice te levou em transe pelos incomodos infernos, imortais pregadores do pensamento,sacudiu sua consciência de ser

Moacy Cirne disse...

saber & cultura nas veredas da poesia, entre a filosofia e a divina comédia. abraços.

Célia musilli disse...

Be-lís-si-mo texto Cássio... Dá prasentir vc e Alice..em chamas.. Beijoss

Cássio Amaral disse...

A Alice é imaginária, a busca de uma Alice, uma Alice Ruiz, Alice no país das maravilhas, (uma Yoko Ono). Alguém que possa ser minha companheira. A Alice aqui é a que constrói algo na vida comigo. Juntos. O poema começou com uma música de Alice in chains, uma banda de Seattle com a música Nutshell. Risos.

SAMANTHA ABREU disse...

adorei, Cássio.
Um febre louca letra-a-letra.
Coisa tua, amigo.

Demais de bom.
beijos!

Layla Lauar disse...

Então que você encontre logo a sua Alice e que ela seja tão bela quanto o é este seu texto... Amei!

beijos

Fabrício Brandão disse...

Que poema bacana, meu velho! Esse jogo de palavras traduz bem a sua veia poética!

Bravo!

Abração e obrigado pelo convite!

Priscila disse...

Banquete dos Deuses, nesse teu poema.
Beijos pra você, meu amigo.

Anônimo disse...

Olá!
Vim conferir as novidades!
Uma potima semana!!
Beijos
http://sex-appeal.zip.net
http://cara-nova.zip.net

Analuka disse...

Bastante ardente e retumbante, teu poema delirante, Cássio!... Abraços, alados, pulsantes.

BêbÉT/Ocica's disse...

putZ mulambo!
rufou agora hein!
uivou gandiosamente!
auuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!
eh noiS!
belo poema.

Anônimo disse...

CÁSSIO? É SOA BEM...