15 de outubro de 2008

ACOMPANHANTE

Entraram no quarto.
Um calor enorme, eram 14:30.
Olharam um ao outro e se abraçaram.
Tiraram suas roupas aos poucos e simultaneamente.

Ela viu seu pênis já excitado e horrorizou, disse:
_Nossa, é muito grande!
Ela tomou banho, escovou os dentes e passou perfume.
Ele também tomou banho e foi encontrá-la na cama,
onde abraçaram-se novamente.
Ela olhou nos olhos dele. Ele a beijou.
Ficaram alí das 14:30 às 16:45, tomaram três banhos
e perderam-se e acharam-se dentro e fora.
Ela chegou ao êxtase duas vezes e falou:
_Nossa, se alguma mulher se apaixonar por você está perdida.
Você pode enlouquecer uma mulher!
Ele não conseguiu gozar, estava vivendo uma perseguição de outra mulher
que o incomodava muito.
Aturdido ele olhou o relógio, já eram 16:50, tinha que lecionar às 19:00.
Desceram, tomaram outra cerveja. Ele pagou o programa e foi para
casa tomar o quarto banho antes de ir para a escola.

3 comentários:

jorge vicente disse...

isso ficou muito bom!!!!

um abraço
jorge

Nanda Assis disse...

só não entendi a parte da perseguição, de que forma isso o atrapalhou.
mas o texto é bem interessante.

gosto.

bjosss...

yehuda disse...

muito vida, muito vivido, muito real, muito verdadeiro, sem lirismo banal,frio e cortante

abraço