11 de novembro de 2009

RAREFEITO

O hipertexto pergunta ao
miniconto
sobre a fábula
quando o romance faz pose
para a fotografia no livro
a prosa fala tanto
que o poema grita mais alto
para a poesia na
música que escuto

6 comentários:

célia musilli disse...

Cássio, adorei seus poemas...ótima fase. E esta de dizer que "blogue é ego" foi demais, não é que é mesmo??? rss Outro dia um amigo poeta me disse: "A Geisy (Uniban) é exibicionista com as belas pernas dela, e daí? Eu sou exibicionista com os meus escritos"...rss.. Beijo grande, saudade

Nanda Assis disse...

gostei.

bjossss...

isaias de faria disse...

é q narciso acha feio o q não é espelho. exageros velosianos a parte, "ou não" , gosto talvez bem mais dos textos e das imagens feitas por outros do q das minhas.
abraço, e , realmente bela fase.

Í.ta** disse...

embaralhou geral.

gostei :)

cacos poéticos disse...

Raro efeito, texto hiper;
a POESIA deve urrar sempre, e cada vez mais gutural, jamais se calar.
Um Forte Abraço de BH!

Renata de Aragão Lopes disse...

Interessante...