26 de janeiro de 2010

BARDO

Poema proa prosa
Pirâmide prática porrada
Poeira pedra pura
Pré pago prelúdio
Primário prossigo pélago
Prosaico prolífero patife

4 comentários:

isaias de faria disse...

pOema vOa
prOa e
afOra.

BAR DO BARDO disse...

O bardo e a língua do pê!

Felipe da Costa Marques disse...

sou seu fã! valeu bródi e mucha paz!

J.F. de Souza disse...

Pardo? =P